“Não precisamos de radicalismo”

Não precisamos de radicalismoGoiás:
CEO da Riachuelo e pré-candidato a presidente pelo PRB, o empresário e ex-deputado Flávio Rocha participou de agenda extensa na quarta-feira (4/4), em Goiânia. O ex-parlamentar é um dos fundadores do movimento Brasil 200, grupo apartidário da sociedade civil que pretende contribuir com ideias, propostas e soluções para o País. “Sou um liberal na economia”, define o empresário. O discurso do empresário se baseia na economia livre, o que, segundo aponta, tem sido o caminho oposto adotado no Brasil. “Prova disso são as 3,5 milhões de ações trabalhistas movidas no ano passado. Quero ser o guardião da competitividade, quero destravar a economia e fazer com que o Brasil se torne mais atrativo”, afirma.