Archive for Alexânia

Batelada de notícias ruins provocadas por Caiado

Batelada de notícias ruins provocadas por CaiadoGoiás:
segundo o site Goiás 24Hs (12/12) “A capa do Popular de quinta-feira dá a exata do que é o governo Caiado. O jornal traz uma batelada de manchetes ruins para os goianos tendo como personagem principal o governo Caiadista. Extinção de Fundo de Cultura e outros 17 é a chamada principal. Mas tem para todos os gostos, infelizmente. Protesto de empresários contra mudanças nos incentivos fiscais, acidentes em rodovia, alta da carne, fechamento de escolas e por aí vai. (!!!) Quem fostes tu Goiás, e quem sois hoje.

Pacote de maldades

Goiás: Segundo o Site, Goias24Hs; Veja a baixo o pacote de maldades do governador contra os servidores públicos:

Pacote de maldades

1. Retira adicional de por tempo de serviço (quinquênio) incorporável à aposentadoria, proventos e pensões, sem que haja qualquer contrapartida ou compensação;

2. Retira a paridade de remuneração em caso de afastamento do(a) servidor(a) para exercício de mandatos eletivos e substitui pela obrigatoriedade de filiação ao regime próprio de origem do(a) servidor(a);

3. Retira, sem compensação, o auxílio especial para servidores(as) cujo(as) filhos(as) são portadores(as) de necessidades especiais;

4. Mutabilidade das regras de aposentadoria, o que impede o planejamento do(a) trabalhador(a) e impossibilita a aposentadoria em dois cargos;

5. Falta de estudos e discussões prévias sobre os requisitos, cálculos e reajustamentos da aposentadoria dos(as) servidores(as) públicos;

6. Cria um teto para o pagamento da aposentadoria vinculado ao limite estabelecido pelo Regime Geral da Previdência Social;

7. Fim da aposentadoria especial do magistério;

8. Fim da faixa especial de contribuição dos(as) servidores(as) aposentados(as) que são portadores de incapacidade;

9. Encargos excessivos nas contribuições previdenciárias para servidores(as) ativos(as), aposentados(as) e pensionistas sendo a alíquota progressiva com o valor do salário ou benefício recebido. (Fonte: Sintego)

(!!!) São coisas para o povo goiano nunca esquecer que em time que está ganhando não me mexe, goram mexer e veja só a M*** que fizeram, mas calma tem solução, em 2022 lembrem do pacote de maldades e votem certo dessa vez.

No Brasil a única coisa garantida é a impunidade dos “fidalgos”

 

NoBrasilBrasil:
segundo o colunista, Percival Puggina; “Quando consulto a Lei de Abuso de Autoridade, recheada de subjetividade e desapreço à persecução penal, tenho, sempre, a impressão de “ouvir” o texto na voz de Renan Calheiros. É uma lei feita para inibir o trabalho de quem combate o crime. Aliás, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal dão a impressão de não terem aprendido a lição das urnas e das ruas que clamam por um basta à impunidade. A impunidade é um mal histórico entre nós. Notadamente quando os crimes são praticados pela elite, pelos de alta linhagem, pela nobreza. Era assim nas Ordenações Filipinas, que vigoraram de 1603 a 1831, mas provieram de uma cultura que influenciou negativamente durante quatro séculos a persecução penal no Brasil”, disse Puggina .

Retrocesso no combate a corrupção

 

RetrocessocorrupcaoGoiás:
Imaginava-se que no governo Bolsonaro e com Sergio Moro como Ministro da Justiça, teríamos um avanço no combate a corrupção, mas não é o que está acontecendo. A maioria dos parlamentares, aculeados com os esquerdistas do STF, tem feito o impossível para adiantar nessa pauta. Nesse quesito os bandidos tem dado de 10X 0 nos mocinhos. Vale destacar que na segunda-feira (09/12) dia internacional de combate a corrupção, pouco tivemos o que comemorar, mas, o primeiro passo já foi dado por Sergio moro e sua equipe.

“Como vamos sobreviver em Goiás?”

ComovamossobreviveremGoGoiás:
Segundo o site, Goias 24Hs; “O Governo de Goiás, definitivamente, quer culpar os servidores públicos pela calamidade financeira do Estado. Todos os nossos direitos e benefícios são alvos de projetos de extinção. Como vamos sobreviver em Goiás? Querem nos tirar absolutamente tudo, não podemos aceitar!”, afirma a presidente do Sintego e da CUT-GO, professora Bia de Lima.

Banho-maria

Banho-mariaBrasil:

Segundo site Diario do Brasil (28/11) “Será que Rodrigo Maia decidiu adiar a votação do pacote anticrime de Sergio Moro para 2020? No dia 5 de fevereiro deste ano, o ministro da Justiça foi até a Câmara e entregou pessoalmente seu projeto para o presidente da casa. Mais de 270 dias se passaram … Maia parece não ter pressa, afinal ele vive cercado de seguranças e a criminalidade passa longe de seu ‘mundinho encantado’. É impressionante como as artimanhas políticas podem atrasar o desenvolvimento de uma nação. Assim como aconteceu com o projeto do Fim do Foro Privilegiado, a votação do pacote Anticrime está sendo adiada por pura pirraça. O atraso tem deixado Sérgio Moro indignado … e não é pra menos. Não se faz picuinha com assassinatos, estupros, sequestros, roubos violentos, etc…”, (!!!) Na realidade, a maioria dos politicos estão mesmo é querendo proteger seus rabos, porque sabem que podem ser pegos com batom na cueca .

O paraíso da impunidade

O paraíso da impunidadeBrasil:

Em entrevista para o site Antagonista, o senador Oriovisto Guimarães (Podemos/PR) alertou sobre a tramitação da PEC [da Câmara dos Deputados] que autoriza a prisão após condenação em 2ª instância. Guimarães denunciou a armadilha que está por trás do acordo firmado por líderes partidários para priorizar a proposta da Câmara. “… fui autor de uma PEC, em fevereiro, que instituía a prisão em segunda instância. Abri mão dessas PEC porque havia um acordo no plenário do Senado para votar um projeto de lei sobre o assunto [prisão em 2ª instância] …” “Agora, de repente, surgiu um PEC na Câmara e não querem mais votar o projeto de lei no Senado … ” “… se a população não se mobilizar, nunca mais haverá prisão em segunda instância no Brasil … aqui vai continuar sendo o paraíso da impunidade.”

Perguntar não é acusar, “se Caiado é tão amigo do Bolsonaro, por que não resolve com ele o litígio com a Enel?”

0Goiás:

Segundo o site Goiás 24Hs; “A deputada estadual Lêda Borges (PSDB) fez, na terça-feira (26/11) um questionamento interessante na Assembleia Legislativa: se o governador Ronaldo Caiado é tão amigo do presidente Bolsonaro, porque não resolve com ele o litígio envolvendo a Enel – uma vez que a Celg já estava federalizada quando foi vendida à empresa italiana?”, (!!!) Mandou bem a deputada que não tem papas na língua.

Uso de meios eletrônicos pode resultar em mais de 100 partidos até 2020

Uso de meios eletrônicos pode resultar em mais de 100 partidos até 2020Brasil:

Segundo o site (Diário do poder (25/11) O imbróglio envolvendo o uso de meios eletrônicos para validar o apoio à criação de partidos políticos pode facilitar a conclusão dos 76 pedidos de criação atualmente em tramitação no Tribunal Superior Eleitoral sem contar o Aliança, lançado pelo presidente Bolsonaro. Caso seja aceito o uso de aplicativos, sites ou a biometria da própria Justiça Eleitoral, as eleições 2020 podem contar com até 109 legendas. Os 77 possíveis novos partidos se somariam aos 32 registrados no TSE e criariam um problema: seus números passariam a três dígitos. Os críticos das “ideologias” usadas para criar os partidos vão à loucura. Os eleitores podem ter que votar no Animais, Piratas ou Iguais. Um pedido de registro chamou atenção por aliar temas polêmicos como política e futebol: o Partido Nacional Corinthiano está na lista do TSE. O último partido criado é o Rede de Marina Silva, em 2015. Antes, o Solidariedade em 2013 e o Patriota (ex-Ecológico Nacional) em 2012.

Flamenguista bissexto

Flamenguista bissextoGoiás:

Segundo o Goias24Hs; “O governador Ronaldo Caiado vestiu a camisa do Flamengo e foi pedalar na manhã de domingo (24/11) como se fosse rubro-negro “roxo”. Nunca foi, Caiado jamais se interessou por futebol nem tampouco pisou em qualquer estádio. Torcedor bissexto, virou flamenguista para pegar carona na onda de popularidade do clube carioca. (!!!) Resumindo, Oportunista!

Liberou geral

Liberou geralGoiás:

Segundo o site o diario poder (22/11) ; “A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia determinou que o Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4), em Curitiba, mande soltar quem está preso exclusivamente porque foi condenado na segunda instância, seguindo recente decisão do plenário da corte. Devem permanecer presos aqueles que tiverem mandado de prisão preventiva. Voto contrário e vencido no julgamento, ela afirmou, na decisão, o dever de observar o “princípio da colegialidade”. A decisão de Cármen Lúcia foi tomada nesta quinta-feira, 21, e enviada nesta sexta, 22, ao tribunal. A ministra é relatora de um habeas corpus que questiona a súmula 122 do TRF-4, segundo a qual as prisões passaram a ser automáticas após condenação em segunda instância”. (!!!) Agora o Brasil é o pais da impunidade para bandidos ricos, e um paraiso fiscal, portanto não seja bandido pobre e você estara livre, já os pobres é para se F***

A solução é fechar o STF

A solução é fechar o STFBrasil:

Segundo o site, O antagonista (21/11) “Dias Toffoli resolveu suspender o julgamento sobre o compartilhamento de dados bancários com o Ministério Público. A suspensão ocorreu assim que começou a esquentar, no plenário do STF, o questionamento sobre a inclusão da UIF (ex-Coaf) no processo. O julgamento será retomado na próxima quarta-feira (27), com o voto de Edson Fachin — no final da sessão de quinta-feira, ele também questionou a inclusão da UIF no caso”. (!!!) Na realidade, a solução para essa queda de braço, é, quebrar o braço do STF que está visivelmente pró-bandidos, o Brasil não pode se transformar em um paraíso fiscal e refugio para bandidos ricos, não é verdade?.

“O governo do PSDB foi o que mais valorizou o funcionário público na história de Goiás”

“O governo do PSDB foi o que mais valorizou o funcionário público na história de Goiás”Goiás:

Segundo o portal Goias24Hs; “O deputado estadual Talles Barreto afirmou que entre os principais legados dos governos do PSDB está à valorização do servidor público em Goiás.  “Nosso governo foi o que mais valorizou o funcionário público na história de Goiás”, lembrou. De acordo com o parlamentar tucano, Marconi valorizou todas as classes de servidores. “A nossa polícia tem um dos três maiores salários do País. Nossa Educação chegou ao 1º lugar no Ideb e não foi por acaso. A Saúde “foi transformada e melhorada, por meio das OSs, graças ao governador Marconi”, enumerou. “As declarações foram feitas no 1º Congresso do PSDB Goiás, realizado na quarta-feira (20/11), no Diretório Estadual do partido, no Setor Sul, na Capital”.

Governo prepara operação policial contra a liberdade de imprensa para intimidar blogs por críticas a Caiado

Governo prepara operação policial contra a liberdade de imprensa para intimidar blogs por críticas a CaiadoGoiás:

segundo O G24H, “o site recebeu denúncia de fonte segura que o governo trama operação policial contra liberdade de imprensa para intimidar blogs que fazem críticas a Caiado. O jornalista Cristiano Silva já está tomando as medidas necessárias para ser resguardar e vai ao Congresso Nacional esta semana para denunciar a perseguição que sofre em Goiás”. (!!!) Cada um tem o governo que merece.

Pacote anticrime na Câmara ‘foi esquartejado’

Pacote anticrime na Câmara foi esquartejadoBrasil:

Marcos do Val, relator do pacote anticrime no Senado, deve entregar seu parecer sobre a proposta de Sergio Moro na quarta-feira (20/11) à CCJ da Casa. “Só acrescentei algumas partes que estavam polêmicas. Na excludente de ilicitude, a bancada feminina estava muito preocupada, achando que isso daria mais chance ao feminicídio, então a gente colocou uma cláusula para excluir violência envolvendo mulheres ou parceiras do lar. Nas situações de feminicídio isso não entra. Mantivemos a prisão em segunda instância.” E concluiu: “Não é uma crítica que faço [à Câmara], é uma estrutura diferente, são muitas pessoas, muitas sugestões. Eu fico até preocupado com o nosso pacote e como será recebido lá quando nossa relatoria for feita. A gente quer dar velocidade no Senado, que seja aprovado, que ele seja mais fidedigno ao desejo do ministro Moro, porque o que está tramitando lá [na Câmara] já foi todo esquartejado.” (!!!) Na realidade, o que os parlamentares querem é proteger o seu C*** e não iram aprovar nada para serem pegos depois, em quanto isso, a impunidade continua, só bandido pobre fica preso.