Archive for Alexânia

Doria anuncia bônus de R$ 425 mi para 187 mil servidores da Educação. E Goiás o governador continua com mão fechada.

Doria anuncia bônus de R$ 425 mi para 187 mil servidores da Educação. E Goiás o governador continua com mão fechada.Goiás:
O governador de São Paulo, João Doria, anunciou na quinta-feira (18/04) pagamento do bônus por merecimento a 187.655 mil professores e servidores da Secretaria da Educação do Estado. O valor a ser pago é de R$ 425,4 milhões, superior à quantia de 2018 (R$ 315,3 milhões). O montante será depositado, em folha suplementar, no próximo dia 23 de abril. Desse total, a maioria (152.194) é do magistério e receberá R$ 375,5 milhões. O benefício é calculado a partir das notas do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo). (A informação é do site Goiás 24horas)

A picaretagem sem limites

A picaretagem sem limitesBrasil:
Falta de efeito vinculante da decisão do Supremo Tribunal Federal sobre anistia deu margem, no mercado milionário de indenizações a anistiados, à picaretagem que garantiu até três reparações à mesma pessoa. O desembargador Fábio Prieto, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) explica que a Constituição deixa claro, o STF também, que anistia compensa perdas relativas ao fim de relações de trabalho, mas os oportunistas usam alegações ideológicas para garantir a imprescritibilidade das ações e indenizações por outras razões. Militantes oportunistas passaram a usar documentos da repressão, que antes diziam ser falsos, para conseguir indenizações por danos morais. Prieto explica que inventaram três indenizações pelo mesmo fato. “Uma por trabalho, uma por tortura e uma terceira por danos morais”, diz. (DP)

Brigas e trapalhadas do governo

Brigas e trapalhadas do governoBrasil:
Depois de cerca de duas horas, terminou de forma melancólica a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados que pretendia votar a admissibilidade da reforma da Previdência, primeira etapa para a tramitação da mudança no sistema de aposentadorias. O caldo para o governo começou a entornar quando José Guimarães (PT-CE) argumentou que a votação não poderia ocorrer já que o próprio relator, Marcelo Freitas (PSL-MG), não estava presente à sessão. Antes, o líder do governo, Major Vítor Hugo (PSL-GO), também havia perdido a vez de defender a proposta por não estar na sala da CCJ. Desconcertado, o presidente da comissão, correligionário de Freitas e Vítor Hugo, demonstrou que nem sequer sabia onde estavam os colegas. Ele ainda tentou argumentar que o relator não estava “no recinto” porque estava estudando mudanças no texto do relatório, mas que, como havia registrado presença, seria possível continuar. Foi quando o grupo de deputados à esquerda cercou a mesa diretora da CCJ e impediu a continuidade da comissão.

Professores protestam em Anááápolis !

Professores protestam em AnááápolisGoiás:
Os professores municipais realizam, desde terça-feira (16/04), protestos e indicam possibilidade de greve. As reivindicações, apontadas pela presidente do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (Sinpma), Márcia Aparecida Gomes Abdala, são reposição salarial de 2019, progressões verticais e outras demandas. O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (Sinpma) se reuniu com o secretário da Fazenda, Geraldo Lino, para tratar da reposição na terça-feira 16 para tratar do assunto. Uma língua de cobra me falou; “O secretario de fazenda fez uma choradeira e está tentando empurrar a próxima conversa para agosto, assim ganha tempo para mais desculpas”, disse a língua.

Bolsonaro propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo ano

Bolsonaro propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo anoBrasil:
Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.040 para 2020, o que representa alta de 4,2% em relação ao atual (R$ 998). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado segunda-feira (15/04) pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues. (!!!) Depois dessa o Governador de Goiás que já não consegue pagar a folha, como ficara?

Cidade Maravilhosa?

Cidade MaravilhosaBrasil:
A muito tempo o Rio de Janeiro deixou de ser a cidade maravilhosa, diariamente se ver na imprensa, uma tragédia atrás da outra sobre ela, uma língua de cobra me falou; “ Com a administração desastrosa que estamos vendo e o espirito de perseguidor do atual governador, Goiás pode se transformar em um Rio de Janeiro”, disse a língua.

Revogado incentivos fiscais à Enel?

Revogado incentivos fiscais à EnelGoiás:
Na quinta-feira (11/04), os deputados estaduais aprovaram em primeira votação a revogação dos incentivos fiscais à Enel. A matéria foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no último dia 4. De autoria de Paulo Cézar Martins (MDB) pede que os descontos no ICMS concedidos à empresa de abastecimento no contrato de compra da Celg D sejam revogados. O líder do Governo, Bruno Peixoto (MDB), orientou voto a favor do projeto do parlamentar. A deputada Leda Borges (PSDB) e o Coronel Adailton (PP) foram os únicos que votaram contra o projeto. A concessão de créditos tributários foi dada por meio de uma Lei de abril de 2018. Matéria será apreciada em segunda e última votação na próxima sessão plenária. (!!!) Vale destacar que essa empresa não está prestando um bom serviço!

Jogada de mestre

Jogada de mestreBrasil:
O deputado Rogério Peninha (MDB-SC) aproveitou o encontro de prefeitos em Brasília e apresentou a eles sua proposta de alterar a Constituição para prorrogar seus mandatos, dos prefeitos e vereadores, por mais dois anos, até 2022. Aliado de Bolsonaro, o parlamentar diz na justificativa que o propósito de estender os mandatos, além da coincidência de todos mandatos eletivos, é de ajudar também a aprovar as reformas do presidente.

7.400 obras paradas no País

7.400 obras paradas no PaísBrasil:
A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) divulgou na quarta-feira (10/04) o resultado de pesquisa indicando que há 7.400 obras inacabadas no Brasil. Todas essas obras representam um montante de R$140 bilhões que deixam de ser aplicados na geração de empregos e renda. O estudo foi divulgado no evento “Paralisação e retomada de obras de infraestrutura no Brasil”, das 8h às 13h na CNI, em Brasília.

Marcha em Brasília

Marcha em BrasíliaGoiás:
Será realizada em Brasília nesta quarta-feira (10/04), centésimo dia do governo Jair Bolsonaro, a 22ª Marcha dos Prefeitos em Defesa dos Municípios. Centenas de prefeitos já confirmaram a participação. Uma língua de cobra me falou; “Espera-se que o governador de Goiás não vá sob o pretexto de ir representar o prefeito de Goiânia”. Disse a língua.

Queda de braço

Queda de braçoGoiás:
Os profissionais da Educação realizam uma Assembleia Geral na segunda-feira (08/04), em frente ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira, para discutir os avanços sob as reivindicações da classe quanto ao pagamento dos salários de dezembro de 2018 e março de 2019, assim como a paridade entre ativos e aposentados. Na quarta-feira, 3, os aposentados da educação montaram acampamento em frente ao prédio administrativo do governo estadual. Durante a paralisação, mais de 200 escolas no Estado se juntaram ao protesto, expondo as dificuldades que estes trabalhadores vêm enfrentando por conta dos salários atrasados. Em quanto isso o governador não consegue olhar para frente, parece estar gostando de ver os servidores passando pela humilhação de cobrar pelos serviços prestados ao estado.

Aniversario da prisão de Lula

Aniversario da prisão de LulaNo último domingo (7/04) o ex-presidente Lula completou um ano preso pela investigação da Lava Jato. O petista, condenado a 12 anos e 1 mês, em 2ª Instância, no caso do tríplex no Guarujá (SP), cumpre pena na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba. O paciente é mantido em uma sala especial instalada no 4º andar da sede da PF em Curitiba (PR). O espaço tem 15 m² e possui 1 banheiro com chuveiro elétrico, cama e uma mesa e esteira ergométrica e TV. Tem até fila para ouvir seus conselhos.

Notícia boa para quem não gosta do horário de verão

Notícia boa para quem não gosta do horário de verãoO presidente Jair Bolsonaro disse que este ano o Brasil não terá o horário de verão e sinalizou que para o futuro a tendência é que a mudança nos relógios seja eliminada do calendário do País. “Tomei a decisão que neste ano não teremos horário de verão”, disse Bolsonaro nesta sexta-feira, 5, durante café da manhã com jornalistas. Esta semana, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, informou que a pasta vai finalizar nos próximos dias os estudos sobre o tema. O material será entregue ao presidente Bolsonaro, que decidirá em caráter definitivo pela continuidade ou não do horário de verão no País. Segundo o ministro, a decisão tem que ser tomada neste momento e não leva em conta apenas dados econômicos, mas outros fatores como sobrecarga e picos de consumo, por exemplo. (!!!) Então, gostou?

Sofrendo castigo

Sofrendo castigoGoiás:
Os servidores da educação estão se rebelando contra a ditadura, declararam greve, os mais prejudicados com isso são os alunos. O governo do estado continua com a queda de braço com os servidores. Vale destacar que, desde o início desse governo, o estado tem crescido para baixo igual ao rabo do cavalo.

Bia de Lima é nomeada ao Conselho Estadual de Educação?

Bia de Lima é nomeada ao Conselho Estadual de EducaçãoGoiás:
A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Bia de Lima, confirmou quarta-feira (03/04), a sua nomeação ao Conselho Estadual de Educação (CEE-GO), representando o sindicato. Bia afirmou que a designação feita por Ronaldo Caiado (DEM) apenas efetiva sua participação no Conselho. Disse ainda que sua nomeação foi indicação do Fórum Estadual de Educação de Goiás (FEE-GO). Além dela, Caiado nomeou demais membros que esperavam desde o ano passado ocupar as novas cadeiras.