Cármen Lúcia foi alertada

Cármen Lúcia foi alertadaMesmo após uma declaração do governador do Estado, Marconi Perillo garantindo plena segurança no presídio de Aparecida de Goiânia, segundo o Portal de Notícias G1, a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, teria sido desaconselhada por várias pessoas a visitar o espaço. A ministra, que se encontrava na cidade em virtude da crise no sistema penitenciário que provocou 9 mortes e fugas em massa após seguidas rebeliões no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, teve a agenda alterada e apenas se encontrou com autoridades.