Coaf

CoafBrasil:
A PGR recebeu, desde abril de 2017, 957 relatórios de informações financeiras (RIFs) enviados de forma espontânea pelo Coaf, informa o repórter Vinicius Sassine em O Globo. Esses relatórios permitiram a procuradores nos estados e no DF ter elementos mínimos para pedir diligências de investigação e, então, decidir sobre a necessidade de abrir ou continuar de uma apuração de lavagem de dinheiro. O número não inclui os relatórios destinados ao gabinete de Raquel Dodge, que cuida de investigações envolvendo autoridades com foro privilegiado junto ao STF e ao STJ. Não é possível, segundo O Globo, precisar quantos desses RIFs –que não configuram quebra de sigilo bancário– resultaram em aberturas de inquéritos. Vale destacar que desde segunda (15/07), por decisão monocrática do ministro Dias Toffoli, estão suspensos todos os processos judiciais, procedimentos de investigação e inquéritos que fazem uso de dados bancários compartilhados sem autorização da Justiça. É ou não uma boa notícia para os bandidos.

Ativistas de esquerda continuam mandando no Brasil

Ativistas de esquerda continuam mandando no BrasilGoiás:
Segundo o site o antagonista; “No despacho em que pede informações ao Coaf, o ministro Bruno Dantas acolhe a absurda alegação do procurador Lucas Furtado de que a análise das atividades financeiras de Glenn Greenwald caracterizaria “desvio de finalidade e dispêndio indevido de recursos públicos”. Na verdade, trata-se de contorcionismo legal para tentar atrair caso absolutamente estranho à competência do TCU. Por esse raciocínio, Furtado e Dantas também estão se desviando da finalidade de seus ‘mandatos’, gerando dispêndio indevido de recursos públicos. Além disso, com a decisão de Dias Toffoli de suspender as apurações do Coaf, a inspeção do TCU servirá apenas para gastar dinheiro do contribuinte”. (!!!) Parece que a anarquia está tomando conta do Brasil, caso os amadores não aprendam a conduzir com mão de ferro o pais, os profissionais continuaram mandando ver.

Quem manda no Brasil?

Quem manda no BrasilGoiás:
Uma língua de cobra me falou; “Quem manda no Brasil, ainda é o PT, é sabido dentro de todas as instituições federais inclusive dentro do palácio do governo existem petistas escutando atrás das portas e vazando informações. Os mais perigosos são os ativistas dentro do judiciário, tramando para derrubar a operação lava jato. Pensando nisso, é que o atual governador de Goiás vem perseguindo os funcionários públicos por temer que eles ainda são fiéis ao PSDB e portanto, pode ser uma ameaça ao seu reinado”. Disse a língua.

Falta de rumo

Falta de rumoGoiás:
Era só o que faltava, segundo matéria do jornal opção; “Deputados estaduais, como Cláudio Meirelles e Talles Barreto, começam a sugerir que estão ficando assustados com o rumo — ou “falta de rumo” — do governo de Ronaldo Caiado. Os parlamentares são os mais candentes críticos da gestão do líder do DEM. O governador pediu um empréstimo ao Poder Judiciário — que acedeu —, que está “apavorando” os deputados — e não apenas Cláudio Meireles e Talles Barreto. Até parlamentares da base de Ronaldo Caiado estão perplexos. Nunca um gestor goiano contraiu um empréstimo tão alto com o Judiciário, afirmam. A grana equivale, frisa um deputado governista, “a quase um quarto de toda a arrecadação mensal do governo de Goiás”, ”. (!!!) É meus amigos, fama de caloteiro, não é bom para ninguém, principalmente para um político experiente e famoso por criticar os outros.

E o branco chefe da garagem

professor girafalesa pouco começou a ter mérito virou chefe na galera do inoperante
GIRAFALES
Na secretaria de transporte conhecemos o nepotismo diante de todos e
ninguém faz nada, também o chefinho é irmão do vereador, mas lixo é o que
não falta nas ruas e lâmpadas queimadas. Vamos fazer jus do salario né?

Kiko secretário de educação.

bQ01GSó mesmo Girafales, para confundir aluno com professor e colocar um
jovem sem curso superior para administrar uma secretaria de grande
status, ninguém entende por que ele mandou o outro embora um de
tamanha destreza.

O nobre madruga.

downloadPau mandado do GIirafales, ninguém na cidade sabe a origem do nobre
madruga a no ser o bando deles e ninguém o que ele faz, imagine seu
salario? Qualquer valor é um absurdo só pra puxar um pouco.

Professor Girafales

PROFESSOR GIRAFALES´Há dois anos, no comando do pequeno município goiano, professor
Girafales vem dando trabalho, ou seja, não trabalha na cidade a mesma
jogada ao leu, a única secretaria que o mesmo acertou com o secretario
esta sendo a de saúde, resta saber até quando, porém, na mesma hora
que ele tem uma opinião já muda o pensamento e substitui um bom por
um ruim seria favores ocultos? Danadinho esse menino, cadê os
vereadores que denunciaram o travesso ao MP? A mala né sacriponio .

Oposição a quê

Oposição a quêGoiás:
Uma língua de cobra me falou; “O atual governador de Goiás, foi eleito em 2018 em um projeto onde fazia oposição a Marconi Perillo, mas até hoje, o ex-senador parece que não percebeu que ele não está mais na oposição e nem é mais senador, também, ele ainda não percebeu que hoje é ele o governador como também é aliado do atual presidente da república, portanto tem que descer do palanque de oposição e trabalhar como governar. Vale destacar que até agora ele ainda não começou a governar o estado, e continua com a mesma rotina de senador, indo toda semana para Brasília”, disse a língua.

Caiado arrocha servidores públicos

Caiado arrocha servidores públicosGoiás:
Segundo publicou o site, Goiás 24HS; “Caiado arrocha servidores públicos e cede a empresários com pagamento de R$ 400 milhões Enquanto arrocha os servidores públicos, governador Ronaldo Caiado começa a ceder terreno aos empresários. Caiado determinou à secretária da Economia, Cristiane Schmidt, que comece a devolver parte dos R$ 400 milhões em antecipação de ICMS que foram usados no governo passado”.

‘Terrivelmente evangélico’

Terrivelmente evangélicoGoiás:
Segundo o Jornalista, Claudio Umberto; “Quando o presidente disse ter intenção de nomear jurista “terrivelmente evangélico” para o Supremo Tribunal Federal (STF), muitos pensaram que Jair Bolsonaro se referia ao juiz federal Marcelo Brêtas, titular da 7ª Vara Criminal do Rio e responsável pela Lava Jato no estado. Mas, na verdade, o desejo de Bolsonaro é nomear o ministro da Advocacia-Geral da União, André Luiz Mendonça, que é o jurista “terrivelmente evangélico” mais próximo do presidente da República atualmente. Funcionário de carreira da AGU, André Mendonça é doutor em Estado de Direito e Governança Global e mestre em Estratégias Anticorrupção. O Supremo Tribunal Federal mantém um crucifixo no plenário da Corte, muito embora o estado seja laico”. (!!!) Tem coisas que não se deve misturar, politica, religião, futebol e nem botar a mãe no meio de brigas, né?

Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência com 379 votos

Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência com 379 votosGoiás:
Na noite de quarta-feira (10/07), o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou em 1º turno, por 379 votos a 131, o texto-base da reforma da Previdência (PEC 6/19). Agora o governador de Goiás já pode voltar para o estado e começar a governar, isto porque, ele deixou o congresso nacional e o congresso não deixou ele que agora tem que entender que não é mais senador e tem um estado para administrar.

Freio de mão

0Goiás: 
O povo de Goiano é paciente, mas, tudo tem limite, já se passaram seis meses e o novo governo ainda não começou, a notícia que se tem é que o ex-senador continua com sua rotina de ir toda semana para Brasília, em quanto isso o freio de mão continua puxado e a roda continua presa.

‘Assuntos particulares’

Assuntos particularesGoiás:
Segundo o Estadão Conteúdo; “ O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, ficará afastado do cargo na próxima semana “para tratar de assuntos particulares”. A licença do ministro será tirada no período e 15 a 19 de julho e foi autorizada por despacho presidencial publicado no Diário Oficial da União (DOU) de segunda-feira (08/07). O Ministério da Justiça e Segurança Pública explicou, por meio de sua assessoria, que o afastamento do ministro se trata de uma licença não remunerada prevista em lei. Segundo um auxiliar no ministério, isso já estava sendo planejado desde que o ministro assumiu, e não tem a ver com o cenário atual de pressão relacionada às supostas trocas de mensagens com procuradores da Lava Jato, que vêm sendo divulgadas pelo site The Intercept Brasil. As conversas teriam acontecido quando Moro atuava como juiz federal em Curitiba. Moro não reconhece a autenticidade das mensagens e tem negado condutas indevidas”. (!!!) Já pensou se o, roda presa de Goiás faz a mesma coisa e tira uma licença de trinta dias, ôô Gloria!

A novela continua

A novela continuaGoiás:
Sergio Moro disse ao Correio Braziliense quem ele acredita ser o responsável pelos ataques à Lava Jato. “A minha impressão, vendo todo esse episódio, é que iniciou com ataques aos procuradores. Depois, sucedido por uma tentativa de intrusão no meu aparelho celular. Tendo começado o ataque pelos aparelhos dos procuradores, me parece mais um ato, realmente, contra a operação Lava Jato, do que necessariamente contra a minha pessoa. Claro que, no caminho, as coisas podem se alterar, a depender do peso que se dá a uma coisa ou outra. Considerando essa cronologia, me parece que foi um ataque à Lava Jato. Nessa perspectiva tem duas opções: anulação de condenações já exaradas, de pessoas que praticaram crimes de corrupção, ou, que talvez seja até pior, impedir a continuidade das investigações. Eventualmente, o responsável pode ser algum investigado que não foi ainda atingido por uma decisão judicial, de condenação ou prisão, que esteja querendo obstruir a ação da Justiça e do MP. ”, disse o Ministro. (!!!) Em Goiás a novela é outra, o governo do estado está fazendo o possível e o impossível para protelar o pagamento do mês de dezembro e os seguintes aos servidores.